Notícias

Fonte (Origem) :http://www.financialweb.com.br/noticias/index.asp?cod=65261

10/02/2010
por FinancialWeb

Juro a empresas volta a subir em janeiro

Houve elevação de 0,03 ponto percentual no Período, passando de 3,62% mensais em dezembro para 3,65% ao mês

Depois de acumular queda de 13,47 pontos percentuais no acumulado de 2009, a taxa média de juro a pessoas jurídicas voltou a subir em janeiro, apresentando elevação de 0,03 ponto percentual no intervalo, passando de 3,62% mensais em dezembro para 3,65% ao mês. A pesquisa foi divulgada nesta quarta-feira (10) pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Das quatro linhas de crédito pesquisada três elevaram suas taxas de juros no mês (capital de giro, desconto de duplicatas e desconto de cheques) e uma foi reduzida (conta garantida).

A taxa de juros média geral para pessoa física apresentou uma elevação de 0,01 ponto percentual no Período, passando de 6,86% ao para 6,87% mensais.

Segundo a Anefac, estas elevações, que não foram generalizadas, podem ser atribuídas a dois fatores: expectativa do mercado financeiro de uma elevação da taxa básica de juro da economia, a Selic (atualmente em 8,75% ao ano), em virtude da demanda aquecida que vem pressionando os índices de inflação; piora nos mercados internacionais por conta das economias na zona Euro (Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Espanha).

Confira como ficaram os juros mensais para as pessoas jurídica e física, na passagem de dezembro a janeiro:

PESSOA JURÍDICA
Capital de giro - De 3,06% para 3,12%
Desconto de duplicatas - De 3,15% para 3,19%
Desconto de cheques - De 3,20% para 3,24%
Conta garantida  - De 5,08% para 5,03%

PESSOA FÍSICA
Juros do comércio - De 5,74% para 5,79%
Cartão de crédito - De 10,68% para 10,66%
Cheque especial - De 7,27% para 7,32%
CDC (bancos) - De 2,45% para 2,43%
Empréstimo pessoal - bancos - De 4,82% para 4,88%
Empréstimo pessoal - financeira - De 10,18% para 10,12%

 

LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.

"Altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. (...)
Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais:
< I - a reprodução:
a) na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos;
(...)"