Notícias

Fonte:http://www.sweda.com.br/detalhe_noticia.aspx?idnoticia=459
Otimismo: maior nível desde 2005
08/02/2010

Confiança do consumidor atinge média de 149 pontos no País, de acordo com índice da ACSP/Ipsos.
O Índice Nacional de Confiança (INC), elaborado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP)/Ipsos, atingiu a média de 149 pontos em todas as regiões do País. É a maior pontuação da séria histórica, iniciada em abril de 2005. Na comparação com janeiro de 2009, o índice que mede a confiança do consumidor subiu sete pontos. Relativamente ao mês anterior, a expansão foi de três pontos.
"Todos os indicadores da pesquisa demonstram que, efetivamente, 2010 pode ser o ano de crescimento tão esperado pelo governo e pela sociedade. Mas isso vai depender  do comportamento dos consumidores, dos empreendedores e, sobretudo, dos governantes, para que não nos levem à via fácil da inflação", disse o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti.
De acordo com a pesquisa, feita com mil entrevistados em nove regiões metropolitanas do Brasil e 70 cidades do interior, a Região Norte/Centro-Oeste aparece como a mais otimista, com 164 pontos. A Região Nordeste é a menos confiante, com 133 pontos.
Assim como ocorreu nos meses anteriores, a pesquisa constatou que a classe C continua puxando o consumo de bens duráveis, ou seja, aparece como a mais otimista, com 161 pontos, seguida da A/B, com 141 pontos e D/E, com 139 pontos.
De acordo com a pesquisa, 41% dos entrevistados acreditam que continuarão empregados, ante 39% contabilizados em dezembro. Por conta da maior segurança no trabalho, 43% dos consumidores manifestaram a intenção de comprar eletrodomésticos. Quanto ao futuro da economia nos próximos seis meses, quase a metade dos consumidores (49%) acredita que ela ficará mais forte.

 

 

LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.

"Altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. (...)
Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais:
< I - a reprodução:
a) na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos;
(...)"